terça-feira, 12 de outubro de 2010

Em Branco

Há tempos abandonei aqui, aliás há tempos tenho abandonado textos, ao meio,
em branco. Por não ter o por que de continuar.
Vivo procurando palavras que possam exprimir o que sinto, mas nenhuma delas traduz com precisão aquilo
que tem se passado aqui dentro, sendo assim, então penso eu: "pra que continuar?"

E como o próprio nome do blog diz válvula de escape, não escrevo com a pretensão de fazer sucesso,
escrevo para descarregar os sentimentos, que no meu caso são tão fortes que não me cabem no peito.
Inevitavelmente sempre caio no clichê e em deveras repetições, tenho certeza que ninguém se dá ao trabalho de ler
meus desabafos e nem quero isso, no entanto gosto de escrever, mas não só por falta de tempo como por falta de palavras,
deixei aqui abandonado e continuo escrevendo para mim e mostrando apenas para aquela pessoa que se importa com as minhas palavras
ou que ao menos as lê.

Tentei escrever aqui,quem sabe uma justificativa, e sim eu sei, falha minha mais uma vez, não consegui.


****



Dia das Crianças, mais uma daquelas datas que você espera ao menos ouvior dos seus pais algo como: Parabéns,
ou Feliz dia disso ou daquilo..
mas se meu pai não é capaz se quer de me ligar no meu aniversário para saber se eu estou viva, porque diabos ele ligaria para me dar "Feliz dia das crianças"?
sendo que nem sou mais uma.

E eu nem sei porque estou escrevendo sobre ele, já que sinceramente acho que ele não merece se quer um segundo da minha atenção quisera então, dos meus "rabiscos",
mais enfim, fica aqui um mero registro do dia das crianças..

Com mais um falha e agora esta se remete a não conseguir inserir um ponto final que faça juz a esta função.

Nenhum comentário:

Postar um comentário