segunda-feira, 8 de março de 2010

FAZER

Quando vai chegando essa época do ano, final de Fevereiro,

primeira quinzena de Março, eu fico assim "mal" ou "deprê", tanto faz.

Porque eu começo a lembrar de um monte de acontecimentos durante a minha vida, tantos os bons quantos os nem tão bons assim.

Começo a sentir saudades dos "velhos tempos" e daquelas pessoas que fizeram e sempre farão parte da minha história.

E eu? quantas pessoas se lembram de mim? quantas sentem minha falta, ou quantas me carregam em suas histórias?

Tenho certeza que algumas, mas fico pensando nisso,

será que eu fiz tudo o que podia pra ser "alguém melhor"?

Eu quase sempre fico com essa sensação de que poderia ter feito mais, mas infelizmente meu jeito não me permite, já que afinal, muitas vezes eu me fecho no meu mundo e não deixo ninguém entrar.

Eu não quero deixar as coisas como estão eu quero mudar,

eu quero tentar, quero matar a vontade de querer, quero fazer.

parada há muito tempo e preciso me mexer!

De tanto ficar parada/fechada, já mudei tudo.

E como diz um cara que sabe o que fala "Avião não pousa em aeroporto fechado" (Lucas Silveira)

Já que tanto o fazer e o não fazer mudam TUDO,

eu quero mudar, mas mudar com força e certeza!

Eu quero o FAZER.

Um comentário:

  1. Ilana as pessoas podem ficar longe da gente mas sempre estarão presentes em nossos coraçõesentão não fique depre

    ResponderExcluir