sábado, 13 de março de 2010

13 dá sorte? Acho que não pra mim.

Hoje três anos, já?
Três anos doloridos depois que você partiu..

E eu ainda derramo lágrimas, e nesse mês um dia após o outro,
choro por todas as vezes que eu fico sem ter o que falar..
sem ter quem ouvir, o que fazer, sem saber quem chamar..
e por todas as vezes que eu fico ao menos sem ter o que sentir.

Não é de luto que eu fico, é puro saudosismo, é só a saudades que bate e deixa uma tremenda agonia mas ao mesmo tempo um certo alivio.
Porque mesmo sabendo que fisicamente você não está mais aqui,
eu sinto que você sempre vai estar do meu lado.

E hoje estou sem palavras pra falar/escrever
bom ou quem sabe eu tenha muito o que falar
mas me falta é coragem.

É amiga onde quer que você esteja "é nóis, te amo". Partiu cedo, cedo demais.
Sempre sentirei sua falta, o tempo pode "curar" todas as feridas,
pode cicatrizá-las mas, a marca continua lá para sempre!

O número 13 defitivamente nunca me trouxe boas lembranças.

Um comentário:

  1. Poxa eu nem conheci e fiquei triste de saber...devia ser uma pessoa muito importante

    ResponderExcluir